EventosVídeos

O masculino e o feminino na obra de Edith Stein

Uma das mais importantes expressões do caráter relacional da pessoa é a complementaridade entre o masculino e o feminino. Suas diferenças e potencialidades biológicas, psíquicas e espirituais são elementos fundamentais para a construção de uma rica “ecologia humana”. Nesta perspectiva, “Masculino e Feminino” será o tema do Módulo VI do curso sobre Princípios para a Ação Social e Política – PASP.

Aula 01 – A mulher na fenomenologia de Edith Stein (10/10/18) Professora: Maria Cecília Isatto Parise

Essa primeira aula apresenta uma visão geral da filosofia: sua origem grega, a transformação que sofreu na época moderna, os reducionismos com a visão positivista de ser humano e de mundo, e a fenomenologia como corrente de pensamento que procura ampliar essa visão retomando o contato com “as coisas mesmas”. Edith Stein, discípula de Edmund Husserl, aplica e amplia o método fenomenológico em seu estudo da pessoa humana.


Link para o vídeo: https://www.facebook.com/watch/?v=2192426071033984

Aula 02 – O masculino e o feminino na obra de Edith Stein Professora: Maria Cecília Isatto Parise

Ainda faz sentido hoje se falar de vocação masculina e feminina? Edith Stein, participante dos movimentos pela igualdade de direito das mulheres quanto ao voto, formação escolar e acadêmica, condições de entrada no mercado de trabalho, analisa a especificidade da “alma feminina” e da “alma masculina”. Utilizando o método fenomenológico, ela parte de uma estrutura comum a ambas – corpo vivenciado, psique e espírito – por serem “pessoas”, para analisar depois como essa estrutura comum se desdobra na “specie” dupla “homem” e “mulher”. Por fim, o que conta é a vocação individual de cada um, com sua marca pessoal, encontrada no núcleo de cada pessoa.


Link para o vídeo: https://www.facebook.com/watch/?v=899861560205303