Psicologia

O humano a caminho de um centro mais profundo

A tese intitulada O humano a caminho de um centro mais profundo: leituras da alma da alma apresentada por Edith Stein e da totalidade psíquica por Jung, é uma Pesquisa bibliográfica, realizada no departamento de Ciências da Religião, área de concentração: Religião e Cultura; linha de pesquisa: Pluralismo Religioso, Diálogo e Linguagem e Subárea da Capes: Epistemologia das Ciências da Religião. Financiada pela Capes e PUC Minas.

Defendemos a hipótese de que a alma possui superfícies e profundidades, que em virtude do seu centro ela está aberta à dimensão espiritual. Acreditamos que uma enantiodromia científica tende a agregar o conhecimento da complexidade do objeto em estudo e que o humano interior continuamente é interceptado pelas instâncias do consciente e do inconsciente, aspectos que influenciam a formação de sua personalidade. Mediante estes entendimentos, preferimos analisar o humano em busca da unicidade tríade (corpo, psique/alma e espírito) a partir de duas concepções de humano diferentes, ambas pautadas pela valoração da experiência, no qual vida e obra se encontram.

Dessa forma, escolhemos, entre as várias concepções de humano dispostas, “escavar” no pensamento de Edith Stein/Teresa Benedita da Cruz — que escolhe o método fenomenológico elaborado por Husserl, dando primazia à orientação da consciência — o que a autora nos apresenta sobre a alma da alma, e no pensamento de Jung, o que o autor nos fala sobre a totalidade Psíquica, conceito elaborado através da sua autoexperimentação e do método construtivo por ele denominado fenomenologia empírica.

Em Edith Stein/Teresa Benedita da Cruz torna-se necessário demonstrar as inspirações e escolhas que a introduz na busca pelo mais profundo da alma espiritual, encontro com o verdadeiro sentido, no qual sua vontade é abandonada nas mãos de um Deus Trino. Demonstramos que o conteúdo de suas últimas obras fenomenológicas é impactado pelo amadurecimento do seu diversificado itinerário, no qual a autora de judia, ateia, convertida ao Catolicismo e monja no Carmelo Descalço recolhe em seu estado de vida a alma espiritual. Sua retroalimentação intelectual e espiritual passa pela linguagem mística de seus mestres Teresa de Jesus, João da Cruz, estudos espirituais, vida de oração pessoal e comunitária. Como virada inovadora para compreensão do humano em unicidade tríade (corpo, Psique/alma e espírito), Edith Stein/Tereza Benedita da Cruz analisa o arquétipo Trino/divino, que estando em si mesmo não se mistura à natureza humana; possuindo várias formas para movimentá-la, escolhe por gratuidade habitar na alma da alma. Sua entrega total nas mãos de Deus torna-se uma vivência de Cruz, grau máximo de uma busca que se concretiza para além de uma identificação, na via do puro amor. A autora nos guia pelos caminhos que une Ciência e Fé.

Nesse itinerário, concluímos que mundo interno e mundo externo se tocam exigindo que o humano sempre busque clarificações, mas, como objeto que olha para a própria involução e evolução da alma humana e/ou para a grandeza do Absoluto, fica apenas a certeza de que, quando o véu que nos cega é retirado, resta-nos apenas reconhecer a pequenez de qualquer tentativa de elevar o nada ao todo Transcendente. Portanto, o que temos não é um resultado conclusivo, mas uma defesa analítica/argumentativa de amplificações que podem servir como fonte de novas pesquisas e como “gotículas purificadas” para a maior realização a que podemos chegar: ao centro mais profundo da alma e/ou do Selbst (Si-mesmo)/Totalidade Psíquica. Fator que nos coloca em relação com a intensividade e extensividade do tempo e espaço, nos reafirmando que, uma vez inseridos na jornada da vida, cada um de nós tem um caminho original a ser incessantemente desbravado, até que o encontro com o finito aberto se efetive.


Soraya Cristina Dias Ferreira possui Licenciatura em Psicologia pela Universidade FUMEC (2001), Graduação em Psicologia pela Universidade FUMEC (2002), Especialização em Psicologia Junguiana pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2003-2004). Psicóloga, Professora e Palestrante no Instituto Superior Pedagógico Público de Nuestra Señora de Chota no Peru (2005). Participação na formação de Analista Junguiana/AJB de Minas Gerais (2006-2010), Mestrado em Ciências da religião pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2011) e Doutorado em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2020). Atualmente pesquisa: Edith Stein e o Círculo de Gotinga pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP e Pluralismo Religioso, Diálogo e Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Atua nos seguintes temas: Psicologia Profunda, Saúde Mental, Psicologia e Religião, Edith Stein, Espiritualidade e Mística. Tem experiência na área de Psicologia Clínica com ênfase em Psicologia Analítica Junguiana. Autora do livro Freud & Jung: do complexo de Édipo à alma naturalmente religiosa.

O humano a caminho de um centro mais profundo

por Soraya Cristina Dias Ferreira Tempo de leitura: 3 min