Magna Celi Mendes da Rocha

Magna Celi Mendes da Rocha Desde a graduação em Pedagogia (2000), interessa-se e atua na Formação de Professores, em uma perspectiva inclusiva e integral. Trabalhou como bolsista (Prolicen) com formação de professores da Zona Rural, em um município do Cariri paraibano (Coxixola) em uma da parceria da prefeitura do Município e a Universidade Federal da Paraíba.

Em 2004 mudou-se para São Paulo para acompanhar o tratamento oncológico de seu filho e conheceu a realidade das Classes Hospitalares. Fez mestrado em Educação: Psicologia da Educação pela PUC-SP com o tema: O PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DO ALUNO MUTILADO PELO CÂNCER: A TRANSFORMAÇÃO DA IDENTIDADE NO PROCESSO DE INCLUSÃO ESCOLAR (2009).

Ministrou aula no Centro Universitário São Camilo e na Faculdade N. Sra. De Lourdes, ambos em cursos de Especialização em Pedagogia Hospitalar.

Em 2010 conheceu o pensamento de Edith Stein em um Encontro Internacional, promovido pela UNIFESP, com a professora Angela Alles Bello (Università Lateranense de Roma). O encontro com o pensamento de Edith Stein foi forte o suficiente para promover uma mudança no projeto de pesquisa de doutorado, já em andamento.

Em 2014 defendeu sua tese de doutorado com o título “O SENTIDO DE FORMAÇÃO EM EDITH STEIN: FUNDAMENTOS PARA UMA EDUCAÇÃO INTEGRAL”.

Atualmente trabalha na Pastoral Universitária da PUC-SP e participa da equipe de Coordenação do curso de Extensão em Ensino Religioso, promovido pela Faculdade de Teologia da PUC-SP e Vicariato da Educação e Universidades, onde ministra a disciplina Didática do Ensino Religioso.

Temas de interesse: Educação; Antropologia Teológica; Educação inclusiva; Educação integral; Ensino Religioso; Formação Humana.